Como Consertar Fonte Nominal ATX E Seus Principais Defeitos

Aprenda como consertar fonte ATX nominal. Como consertar uma fonte nominal não é tão difícil, ainda mais se quem está tentando consertar não tenha nenhuma noção de eletrônica. Gastando muito pouco você pode fazer sua fonta voltar a funcionar. Mas vamos dar uma volta nesse detalhe e eliminar os problemas clássicos.

Vamos ver quais são alguns detalhes que fazem toda a diferença nesse tipo de reparos.

Primeiramente devemos trabalhar com seguraça. Checar se tudo está nos devidos lugares para poder testar se a fonte que queremos usar está funcionando ou não. Então vamos fazer isso de modo seguro para a placa mãe, até mesmo para não correr o risco de estragá-la.

A observação fundamental sobre toda e qualquer fonte, seja ela nominal ou real é, com a fonte desprendida da placa mãe, checar se a chave seletora de energia está marcando a rede de 115 ou 220 Volts. Até mesmo para evitar algum erro na hora de ligá-la na rede elétrica.

 

A rede elétrica residencial normalmente no Brasil é a monofásica então atenção: se sua chave seletora estiver marcada de forma errada poderá queimar seu equipamento e se a mesma estiver conectada à placa mãe, pode ser que outros problemas ocorram, como queimar sua placa.

O cuidado com o equipamento é fundamental.

Por isso não se descuide do seu foco. E não dê margens a erros. Erros “bobos” não podem acontecer e não pode haver displicência.

Ferramentas:

As ferramentas essenciais para fazer manutenção em fontes é simplesmente chaves de fenda e philips, alicate de corte, pincél, solda e ferro de soldas.

Testando sua fonte desconectada da placa mãe:

Para testar sua fonte na energia, depois de checar sua chave seletora, observe em sua fonte, no conector “grande” que é ligado na placa mãe, encontre os fios verde e preto, um ao lado do outro. Coloque um “jumper” para fazer uma ligação direta ligando esses dois fios, como na imagem.

Caso não tenha segurança, NÃO FAÇA!

Ligue a tomada do cabo de força à sua rede elétrica para testar se o cooler (ventilador da fonte) roda a hélice. Se ligar é o que tudo indica que sua fonte esteja boa.

Possíveis problemas:

Fusível queimado

O problema mais comum é encontrarmos um fusível queimado ao abrir a fonte. Se o fusível estiver com aparência acinzentada é provável que ele esteja queimado, ou sujo. Por isso veja bem!

Termistor aparentemente destruído

Uma outra peça que dá bastante problema é o termistor. Ele é revestido por cerâmica e pode variar cores e tamanhos, mas a função é a mesma sempre, receber a energia elétrica e enviá-la para a fonte para ele redistribuir. Ele fica normalmente próximo ao fusível.

Se ele receber bastante energia e não puder redirecioná-la, como nos casos de queda de energia, ele vai acabar recebendo carga extra, que faz com que seu revestimento de cerâmica não aguente tal temperatura. E vai parecer que está queimado ou quebrado.

Se tiver uma outra fonte poderá substituir as peças necessárias. Tenha cuidado na hora que tiver que remover o fusível.

Então são essas as peças que deve observar quando abrir uma fonte nominal. Observe se há algo de errado no fusível ou no termistor.

Capacitores inchados, soltos ou outros

É sempre importante analisar tudo o que faz em relação ao seu equipamento. Pode ser que faça o que eu disse e não resolva, pois o problema pode ser outro.

Teste tudo que puder antes de dar seu diagnóstico.

A melhor avalição de seu hardware é feita de acordo com critérios rigorosos. Esta é apenas uma direção do que pode fazer para conseguir reparar seu equipamento.

Gostou, comente, curte, compartilhe.

-
-
-
-